Frase andante

"Feliz é aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina." (Cora Coralina)------------------- "Educai as crianças para que não seja necessário punir os adultos." (Pitágoras)

=========================== Bem-vindo(a) =============================

ATENÇÃO. Este blog é apenas mais uma ferramenta de apoio complementar ao conteúdo do livro didático para auxiliar meus alunos e visitantes. Os vídeos e textos apresentados e indicados estão disponíveis na internet e são citados sempre com as referências e fontes. Que este blog seja mais um instrumento de aprendizagem e reforço de conteúdo para todos os visitantes. Seja bem-vindo(a).

====================================================

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Mesopotâmia

MESOPOTÂMIA - Ficha (resumo)

www.portalsaofrancisco.com.br

 A civilização mesopotâmica desenvolveu-se entre os rios Tigre e Eufrates, e diversos grupos lutaram pela posse de suas terras, dentre eles destacam-se os sumérios (responsáveis pela criação da escrita cuneiforme), acádios, amoritas (ou “babilônios”), assírios e caldeus (ou “neobabilônios”).
A base da economia era a agricultura. As cheias dos rios eram aproveitadas para a fertilização das terras, complementando esse processo de irrigação natural com a construção de canais e diques.   
No segundo milênio antes de Cristo, os amoritas assumiram o controle da região. O mais famoso soberano amorita foi Hamurábi, que fundou o primeiro Império Babilônico.  Entre suas realizações, destaca-se um conjunto de leis escritas – o Código de Hamurábi, no qual os crimes eram punidos severamente, na mesma proporção do mal cometido, de acordo com a lei de talião; “olho por olho, dente por dente”.
Com a morte de Hamurábi, o império passou para o domínio dos assírios, cujo poderio era sustentado pela violência e crueldades com que tratavam os povos dominados.
O Império Assírio foi derrotado por uma coligação formada por caldeus e medos, que submeteu a capital, Nínive, em 612 a. C., ao seu domínio. Sob o governo dos reis caldeus, a cidade da Babilônia voltou a se destacar como o principal centro urbano da região. No governo de Nabucodonosor, houve a construção do segundo Império Babilônico e foram erguidas as mais belas obras da arquitetura mesopotâmia na Antiguidade, destacando-se os jardins suspensos da Babilônia.
Depois da morte de Nabucodonosor, o Império Caldeu entrou em decadência e foi dominado pelos persas.  
              Fonte: História. Ciências Humanas e suas Tecnologias. Ensino Médio. Caderno de Revisão. Editora Saraiva.

Nenhum comentário: